Debaixo dum chapéu de ferro em Chança

IMG_4279

Debaixo dum chapéu de ferro, no vale do rio Chança, a poucos quilómetros da antiga mina de São Domingos, o grupo do I Seminário de Prospeção do Projeto EXPLORA.

Já está disponível no blog a minha galeria de fotos deste dia.

Aproveito para agradecer à ideia e à estrutura deste seminário, com excelente conteúdo e óptima organização. Faço também minhas as palavras de Igor Morais da organização, deixando um agradecimento especial ao Prof. Jorge Relvas pela excelência da conferência apresentada sob o tema do seminário: alteração hidrotermal associada a sulfuretos maciços.

A todos os participantes, obrigado pelo óptimo ambiente.

Luís Chambel, Sínese
luischambel@sinese.pt

EDM – Empresa de Desenvolvimento Mineiro SA – Relatório e Contas 2015: lucro de 539 mil €

A EDM – Empresa de Desenvolvimento Mineiro, S.A. é uma empresa de capitais públicos que atua como operador setorial de referência, assumindo, como concessionária em regime exclusivo, um papel de relevo na elaboração e condução de projetos de recuperação ambiental de zonas degradadas por antigas explorações mineiras abandonadas.
A EDM exerce ainda, por si ou em associação, atividades de prospeção, pesquisa e valorização de recursos minerais e presta serviços especializados nos domínios dos Geo-Recursos e do Ambiente.

A empresa, com um capital social de € 30 milhões, apresentou recentemente o seu Relatório e Contas de 2014. O principal destaque do documento, que pode obter no site da EDM ou clicando aqui, é o resultado positivo do exercício, cifrado em 555 mil euros, ligeiramente superior ao de 2014, 539 mil euros.

Outros destaques do exercício incluem:

  • A assinatura de um contrato de constituição de uma JV entre a EDM e uma empresa turca, ESAN, com o objectivo de prospectar três áreas da EDM situadas no Alentejo. Este acordo prevê a realização de actividades de prospecção e pesquisa no valor de 7,6 milhões de euros no conjunto das três áreas mineiras.
  • Desenvolvimento de trabalhos de prospecção e pesquisa em 3 área contratadas com o Estado: Argozelo, Monte das Mesas e Escádea Grande. Os trabalhos realizados tiveram o valor global de 524 mil euros.
  • Solicitação de dois novos pedidos de áreas de prospeção e pesquisa – Macedo de Cavaleiros e Rosário.
  • Exercício do direito de opção de participação de 15% no desenvolvimento do projecto mineiro Semblana da SOMINCOR no âmbito do processo de renegociação (concluído) do acordo de parceria existente entre as duas empresas.
  • Realização de estudo conceptual sobre a viabilidade económica da exploração do jazigo de Gavião, que serviu de base à manifestação de interesse da Almina (em final de 2014) em adquirir os direitos da EDM sobre o jazigo em epígrafe. O interesse da Almina concretizou-se em 2015 com a apresentação de uma proposta de aquisição da totalidade dos direitos de exploração do jazigo de Gavião, estando esta para apreciação por parte da tutela.

O mandato da actual Administração termina este ano.

USGS – Volcanogenic Massive Sulfide Occurrence Model

The USGS is an invaluable source of knowledge and information on economic geology (and on most Geology branches, in fact). I have just come across one of their publications; in this case, on VMS deposits – an important source of precious and basic metals (in the world and in Portugal – in our case, for over two millennia). Enjoy: Volcanogenic Massive Sulfide Occurrence Model.

NEVES-CORVO: em 2014, pela primeira vez, mais zinco que cobre

Neves-Corvo é a mais importante mina portuguesa. Localizada no Baixo Alentejo, na Faixa Ibérica Piritosa, é constituída por um conjunto de massas de sulfuretos complexos exploradas em lavra subterrânea. A mina é hoje propriedade da Lundin Mining, que acaba de publicar o relatório anual de 2014 – lun_annual_filings.

Em resultado, por um lado, dos teores decrescentes de cobre no minério explorado, uma tendência natural à medida que a idade da mina avança e, por outro, da produção do jazigo de Lombador (que contribuiu para o crescimento da produção de zinco em 26% face a 2013), Neves-Corvo produziu mais zinco que cobre, mudando o seu perfil de produção.

Neves-Corvo produced 51,369 tonnes of copper and 67,378 tonnes of zinc for the year ended December 31, 2014. Production from the Lombador ore body helped contribute to a 26% increase in zinc production over the prior year, and an annual zinc production record. Copper production met guidance, but lower copper head grades, metallurgical recoveries and ore throughput resulted in lower copper production compared to the year ended December 31, 2013. Copper cash costs1 of $1.85/lb for the year were in-line with our latest full-year guidance ($1.85/lb).”

in Lundin Mining 2014 Annual Report